Mais de 215 mil atendimentos médicos serão realizados em diversas áreas de São Paulo, por meio de unidades móveis de saúde.

Começou nesta segunda-feira (2), em Ermelino Matarazzo, o projeto Hora Certa Móvel, realizado pela Secretaria Municipal da Saúde, em parceria com o CIES (Centro de Integração de Educação e Saúde). No pátio do Hospital Municipal Alípio Correa Neto foi montada uma estrutura para atendimento médico especializado e realização de exames utilizando unidades móveis avançadas e premiadas internacionalmente. Ainda em setembro as regiões Sul e Norte da cidade receberão infraestrutura semelhante.

“Hora Certa Móvel” atende de segunda a sexta-feira, das 7h às 20h e, aos sábados, das 8h às 18h os moradores encaminhados, via UBS (Unidade Básica de Saúde), para a realização dos procedimentos. A cada dois meses, toda estrutura é deslocada para outra região da cidade, de forma a facilitar o acesso da população. “Não há como vencer a fila da Saúde com as estruturas atuais. Nós temos que ampliar o atendimento e construir um hospital demora de 2 a 4 anos. Com uma unidade móvel como essa, pessoas que esperavam há meses e até anos por um exame poderão ser atendidas prontamente”, afirmou o prefeito Fernando Haddad em visita.

“A mobilidade é uma das questões mais discutidas no mundo. Pensando nisso foi criado o CIES. Um projeto que tem por objetivo levar atendimento médico especializado e com alta tecnologia à diversas áreas da cidade, além de diminuir a demanda reprimida do SUS (Sistema Único de Saúde)”, explica Roberto Kikawa, médico criador da Carreta da Fernando Haddad e Dr. Roberto KikawaSaúde e das demais unidades de atendimento.

Nos próximos seis meses serão realizados cerca de 215 mil exames em especialidades como: urologia, mastologia (mamografia), dermatologia, cardiologia, ultrassonografia, oftalmologia, gastroenterologia, endoscopia e colonoscopia. Além disso, serão realizados exames de triagem: pressão arterial e índice glicêmico. A expectativa é que sejam feitos, diariamente, 500 procedimentos por região.

Dona Maria dos Anjos de 66 anos tem mobilidade limitada em razão de um AVC, mas isso não a impediu de fazer o exame de ultrassonografia doppler subindo na Carreta da Saúde por meio do elevador para pessoas com deficiência de locomoção. “Desde que eu passei pelo meu médico mais de um ano passou para eu conseguir fazer o Doppler. Finalmente estou conseguindo fazer aqui, com a ajuda do CIES. Espero que pessoas de todas as regiões tenham essa oportunidade”, disse a aposentada já com o resultado do exame nas mãos.

Unidades Móveis:

– Carreta da Saúde

Carreta da Saúde mede 15 metros de comprimento, é dotada de um sistema automatizado que permite a abertura das laterais e perfaz uma área de aproximadamente 100 m². O centro médico móvel é autônomo e possui quatro salas de atendimento climatizadas com equipamentos de diagnóstico de alta tecnologia, áreas de esterilização, bem como duas áreas de espera, banheiros e elevador para pessoas com mobilidade reduzida.

– Boxes da Saúde:

Os boxes da saúde são estruturas que chegam a ter 7,5mx 2,5m e consistem em sistemas de saúde móvel autônomos, com abertura lateral automatizada ou não, que permite alcançar uma área de 45 m² em que podem ser feitos atendimentos em até quatro especialidades. A unidade maior possui uma sala de Raio-X ou mamografia digital, uma sala de ecocardiograma / ultrassonografia com banheiro e a recepção.  Já o box menor possui duas salas reversíveis, cada uma com um banheiro independente, que pode ser facilmente acoplada à outras unidades a fim de criar até mesmo um centro médico.

Projeto CIES
O Projeto CIES (Centro de Integração de Educação e Saúde), responsável pela Carreta da Saúde foi criado com o intuito de oferecer atendimento médico em unidades móveis para comunidades de alta vulnerabilidade social e dificuldade de acesso. Para seu funcionamento, conta com parcerias que envolvem o governo, empresas, sociedade civil e comunidades, com um método inovador de gestão compartilhada da saúde, por meio de um modelo de operação autossustentável baseado na tabela SUS (Sistema Único de Saúde).

Serviço
Funcionamento
De segunda a Sexta: 7h às 20h
Sábado: 8h às 18h
Local: Alameda Rodrigo de Brunn, 1989- (No estacionamento do Hospital Ermelino Matarazzo)

Sobre o Projeto CIES
O CIES (Centro de Integração de Educação e Saúde) é um Projeto inovador de saúde integrada à educação, destinado à população de alta vulnerabilidade social com um método inovador pela gestão compartilhada, que envolve e mobiliza governo, empresas, sociedade civil e comunidades. Os atendimentos são autossustentáveis e baseados na tabela do SUS.  Para realizar os atendimentos à população desenvolveu unidades móveis de atendimento médico adaptáveis a diversas situações e localidades: Carreta da Saúde, Van da Saúde e Box da Saúde. Foi vencedor do Prêmio Empreendedor Social da Folha de São Paulo e Fundação Schwab além de outros prêmios como Dom (do grupo Fleury) em 2013, Dr. Cidadão (da Associação Paulista de Medicina) e Cidadão Sustentável em 2012 e Empreendedor Social Ernst Young Terco em 2011.  www.projetocies.org.br