Medida poderá atrair investimentos ao Brasil.

A partir desta semana os empreendedores de São Paulo terão o processo de abertura de sua empresa facilitado pelo Cadastro Sincronizado. A medida é resultado de um convênio entre a Receita Federal do Brasil (RFB) e a Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp).

Com a medida os futuros donos de empresa passam a obter, de uma vez só, o Número de Inscrição no Registro de Empresas (NIRE), o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e a Inscrição Estadual (IE) da Secretaria da Fazenda. “A Junta Comercial do Estado de São Paulo era a única no País que não tinha aderido ao convênio, sendo necessários dois processos separados. Com a maior comunicação entre os órgãos governamentais, além de um incremento na eficiência estatal, os contribuintes serão beneficiados”, explica Fernando Zanotti Schneider, advogado líder da área societária do escritório Abe Advogados.

“Considerando um cenário de recessão econômica global, este tipo de medida deve ainda beneficiar os investimentos no Brasil, nacionais ou estrangeiros, pois o tempo incorrido com burocracia é um dos maiores entraves na hora de se abrir uma empresa no Brasil. Uma agilidade brutal dos 17 dias para 7 dias em média para resposta ao pedido de abertura de empresa”, comemora o advogado.

Entenda o Cadastro Simplificado:

1. Acesso aos formulários da Receita Federal e Jucesp por meio de seus respectivos sites;
2. Pagamento das taxas;
3. Encaminhamento dos formulários, contrato social ou requerimento de empresário e documentos pessoais do (S) sócio (s) – sem necessidade de autenticação;
4. Análise feita pela JUCESP;
5. Deferimento do NIRE e CNPJ;
6. Retirada dos documentos na Jucesp;

Abe Advogados
Fundado em 2007, o escritório de advocacia Abe, Costa, Guimarães e Rocha Neto Advogados é formado por uma equipe de 37 advogados, todos engajados a prover soluções jurídicas personalizadas e focadas na cultura e política interna de cada um de seus clientes. Com sedes em São Paulo e no Rio de Janeiro, o escritório conta com uma estrutura de assessoria jurídica em todo o território nacional, além de possuir acordos de cooperação jurídica com escritórios de advocacia no exterior. Hoje possui mais de 300 clientes, entre eles Fujitsu, Maurício de Sousa, Kobo e Syncreon, entre outros de empresas nacionais e multinacionais de diferentes países, notadamente Japão, Índia, Estados Unidos e países europeus.