Crianças com anemia falciforme poderão fazer exames gratuitos
 
Fortaleza receberá novamente a campanha “DTC contra AVC” para que crianças portadoras de anemia falciforme tenham mais uma oportunidade de realizar exames gratuitos contra o acidente vascular cerebral (AVC). Nesta quinta e sexta-feira, 24 e 25 de novembro, serão realizados os exames Doppler Transcraniano (DTC), que acontecerão no Hospital Infantil Albert Sabin.
 
Uma doença hereditária, a anemia falciforme provoca a malformação das hemácias (glóbulos vermelhos), que tomam uma forma semelhante a foices e, com este formato, o transporte de oxigênio fica deficiente. Christine Battistini, fundadora do Instituto Espaço de Vida (www.espacodevida.org.br), que promove a campanha pelo país, explica que este tipo de anemia pode provocar anemia, icterícia, crises de dor e complicações em órgãos como fígado, pulmões e sistema nervoso central. “Em diversos casos pode até mesmo levar à morte”, diz.
 
De acordo com Battistini, a campanha já ultrapassou mais de 1.200 exames realizados desde maio deste ano. O sucesso do “DTC contra AVC” se dá devido à importância de se levar informação sobre a prevenção do AVC em crianças que tem anemia falciforme. “Aproximadamente 11% das crianças que possuem este tipo de anemia poderão apresentar AVC, derrames que podem causar lesões graves e definitivas, até os 20 anos de idade”, afirma ela.  “O risco é ainda maior entre dois e dez anos. Por isso, nossa ação envolve a distribuição de informativos sobre a doença e tratamento”, diz a fundadora do Espaço de Vida.
 
Na primeira etapa da campanha em Fortaleza, que aconteceu em 22 de junho, foram atendidas 25 crianças, destas, 09 foram encaminhadas imediatamente para atendimento especial. “Porém, ainda percebemos uma demanda maior de crianças que precisavam fazer o exame e por isso estamos de volta nesses dois dias”, completa Battistini. Desta vez, a previsão de atendimento é de 30 crianças com anemia falciforme.
 
Para a prevenção, basta realizar o DTC, um exame que identifica os riscos das crianças com a doença a terem um AVC. Conforme a hematologista do Albert Sabin, Dra. Márcia Lima V.C. de Oliveira, é recomendado que o procedimento seja feito com frequência. “Assim, os responsáveis pela criança manterão um acompanhamento da doença, pois é uma avaliação cerebrovascular rápida, segura e não-invasiva”, diz.
 
Como da outra vez, as crianças de Fortaleza farão gratuitamente o exame de DTC, um ultrassom de cabeça. É um procedimento que dura aproximadamente 40 minutos e pode salvar vidas, pois evita o desencadeamento de AVC e sequelas mais graves. Para o agendamento, é necessário a carteirinha do SUS e o documento de identificação do responsável, e deve ser realizado com antecedência no Hospital Infantil Albert Sabin.
 
O laudo será entregue às mães ou responsáveis pelas crianças ao final do exame. “As que precisarem de novos acompanhamentos, receberão uma carteirinha indicando a necessidade de voltar a buscar atendimento”, finaliza a médica.
 
SERVIÇO
24 e 25 de novembro de 2011
Das 9h às 12h
Local: Hospital Infantil Albert Sabin
Endereço: Rua Tertuliano Sales, 544 – Vila União
Fortaleza/CE
 
PARA AGENDAR ENTREVISTAS ENTRE EM CONTATO PELO TELEFONE: (11) 3368 – 5636 // (11) 2812-1110
 
Sobre o Instituto Espaço de Vida
A ideia do Espaço de Vida é que pacientes e médicos bem informados resultam em qualidade de vida, mesmo depois do diagnóstico de doenças dos mais diversos tipos. O Instituto surgiu da história de sua fundadora, Christine Battistini, ao enfrentar o câncer de mama. “Durante o período de diagnóstico foi difícil encontrar informação consistente e atualizada voltada à pacientes. As orientações eram desencontradas e escassas na comunidade brasileira”, explica Christine. O conteúdo principal do Instituto sobre doenças, como câncer de mama, câncer renal, metástase óssea e acromegalia, é apresentado em tópicos de saúde, que explicam desde o surgimento da enfermidade até seu tratamento, com vídeos e entrevistas exclusivas de especialistas para cada tema (realizadas pelo próprio Instituto). Acesse www.espacodevida.org.br e www.twitter.com/evidaweb .