Enfermeiros que trabalham na Santa Casa de Jacareí moveram uma ação por assédio moral, por meio do SEESP, contra o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de São José dos Campos e Região. O julgamento ficou mais grave com documentos afixados nos murais com avaliação dos funcionários que tiveram seus nomes divulgados sem autorização. Embora o Hospital tenha removido as informações – apenas dos enfermeiros que moveram a ação, deixando outros expostos – depois de algum tempo eles foram recolocados. Esse fato juntado ao processo pelo departamento jurídico do SEESP que teve ganho na causa contra o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de São José dos Campos e Região. Foi determinado pelo juiz o pagamento de R$ 10.000,00 por enfermeiro. O processo está em fase recursal, pois a reclamada recorreu.