Tatiana Corazza, Rosemary Nunes, Alison Moura, Larissa Douat, Fabio Andrade, Diego Sacilotto, Rafael Barros, Henrique Rossanelli, Caio Ottoboni e Arthur Sauer

Tatiana Corazza, Rosemary Nunes, Alison Moura, Larissa Douat, Fabio Andrade, Diego Sacilotto, Rafael Barros, Henrique Rossanelli, Caio Ottoboni e Arthur Sauer

A inciativa da ONG Associação Acorde incentiva os jovens do Culinarte, projeto que existe há 7 anos e já beneficiou mais de 160 jovens

No último sábado, dia 14 de novembro, a Associação Acorde Oficinas para o Desenvolvimento Humano realizou, pelo oitavo ano consecutivo, o Food Park beneficente Acorde Gastronômico (no Jardim Tomé – entre Embu das Artes e Cotia), um festival repleto de chefs brasileiros renomados, que incentivou 20 participantes do projeto Culinarte (de 13 a 17 anos), existente há 7 anos e que já beneficiou mais de 160 jovens. “Esta edição foi histórica pelo novo formato que implementamos, modelo gastronômico, um bom potencial, principalmente, por proporcionar a integração das crianças com os chefs convidados. A iniciativa rendeu boas parcerias com estes profissionais renomados, além de superar nossa expectativa de arrecadação, mais de R$ 10 mil, verba dos convites de mais de 140 pessoas que foram nos prestigiar, e que será revertida para os trabalhos beneficentes que realizamos ao longo de todo ano”, afirma a coordenadora de projeto, Marta Barretto Junqueira.

De acordo com Marta, gerenciar toda a logística e estrutura do evento foi um desafio. “Estávamos muito apreensivos com tudo, com os chefs, a receptividade das crianças, mas foi incrível. O Acorde Gastronômico é ideal para colocar em prática tudo o que os jovens aprendem durante o ano. A edição de 2015 superou as expectativas: ao invés de uma oficina com um chef, os jovens puderam experimentar oito receitas, participar dos processos com pessoas distintas. No último dia do evento, os preparativos também foram coroados por situações reais, como tempo em cozinha, como picar os alimentos, tudo cronometrado pelos chefs. Tudo de maneira divertida. A escolha da barraca foi por sorteio e todos encararam o desafio de forma profissional”.

Esta edição contou com o apoio dos chefs oficiais do evento que supervisionaram os jovens a criar um menu totalmente brasileiro:

Diego Sacilotto, do Nuova Cucina e Eugênia – Costela de Chão;

Arthur Sauer – Vencedor do Cozinha sob Pressão (SBT)- indicado chef revelação pela edição VEJA COMER & BEBER em 2009 e 2010 – Costela de Barbecue;

Henrique Rossanelli, Assistente do Chef Lucas Corazza, do Programa Que Seja Doce, da GNT – Cupcake de brigadeiro e chocolate;

Caio Ottoboni- subchef, por sete anos, do mestre francês Erick Jacquin (Master Chef) – Feijão tropeiro;

Fabio Andrade, do Hotel Transamérica – Farofa de torresmo;

Mara Alves, proprietária de uma consultoria e desenvolvimento para indústrias de alimentos – Foccacia;

Rafael Barros, da Opera Ganache – Pudim, bolo de brigadeiro e quindim;

Bolo da Madre – Bolo gelado de coco, laranja e limão;

Alison Moura e Larissa Douat, Assistentes da Chef Paula Labaki, da Lena Labaki Catering– Galinhada.

Durante o evento, também foi anunciado oficialmente a 9ª edição do Acorde Gastronômico. “Para o próximo ano, a expectativa é de uma ação maior, mais consolidada e que certamente terá grandes novidades pelas parcerias de peso que estamos fechando com os chefs brasileiros”, finaliza Marta.

Sobre o Acorde

Fundada em 2001, a Associação Acorde realiza mensalmente cerca de 4.700 atendimentos em seus três programas: dois oferecidos para crianças e jovens entre 6 e 17 anos, no contraturno escolar, chamados Brincarte e Cativarte, e um voltado para adultos e jovens da comunidade chamado Centro Cultural Comunitário, que conta com o apoio das Prefeituras de Embu das Artes e Cotia e de voluntários. Em seus 14 anos, a Acorde já realizou mais de 135 mil atendimentos.